PT

Parque Pedras Salgadas – Infraestruturas Exteriores e Ecohouses

Dezembro 2012


Integrado no Parque Pedras Salgadas está em fase de conclusão as Ecohouses bem como algumas das infra-estruturas exteriores.

A Domótica SGTA foi contratada pela AMG para instalar o Sistema de Gestão Técnica desta parte do parque.

Este sistema será integrado no existente e contemplará cerca de 310 pontos físicos distribuídos por 11 quadros de gestão. Estão ainda previstas integrações com analisadores de rede e ventiloconvectores das Ecohouses bem como com o sistema de gestão hoteleira, totalizando mais 240 pontos a integrar via protocolo.

PT

Aeroporto de Lisboa – Novo Busgate

Dezembro 2012


A empreitada geral do novo Busgate do Aeroporto de Lisboa está a cargo da Mota-Engil mas as empreitadas de instalações foram divididas por três sub-empreiteiros tendo a Syncrea ficado com as instalações designadas por “electrónicas” – dados, segurança e gestão técnica que por sua vez subcontratou a Alves & Prieto tendo incluído nessa subempreitada o sistema de gestão técnica. Desta forma, a Domótica SGTA terá como cliente a Alves & Prieto.

O sistema previsto comtempla 5.300 pontos físicos, 3.950 associados aos Bastidores de Gestão Técnica e 1.350 associados aos controladores dedicados às UTAs e Ventiloconvectores.

A solução técnica adoptada baseia-se em controladores TAC Xenta 301 / 401 e respectivos módulos de I/O TAC Xenta 40x. Para o controlo das UTAs adoptaram-se os controladores TAC Xenta 300 com dois módulos de I/O e para as UTAs de baixo perfil e para os Ventiloconvectores adoptaram-se os TAC Xenta 121-FC/230. Os bastidores de gestão técnica estão integrados numa rede de dados através de 26 routers L-IP da Loytec.

PT

Nova Sede da Polícia Judiciária

Novembro 2012


Próximo de áreas urbanas centrais as novas edificações passarão a constituir, em conjunto com as actuais, o Complexo da Policia Judiciária, agregando a Directoria Nacional e a Directoria de Lisboa e Vale do Tejo.

A construção da nova sede da Polícia Judiciária (PJ) está a ser executada pela OPWAY, vencedora do concurso conceção/construção lançado pelo Ministério da Justiça. O gabinete de projeto de Instalações Eléctricas e de AVAC foi o EACE – Engenheiros Associados, sendo também esta a equipa responsável pelo projecto do Sistema de Gestão Técnica Centralizada (SGTC).

Fruto de uma longa colaboração com este gabinete, a Domótica SGTA apresentou algumas soluções que permitiram baixar o valor do orçamento, não retirando funcionalidades ao sistema e assim conseguiu a adjudicação por parte do Consórcio responsável pelas Instalações Eléctricas e de AVAC constituído por Sousa Pedro, J.J.Tomé e Sotécnica, esta ultima responsável pelo SGTC.

O sistema previsto comtempla 6.600 pontos físicos associados a 53 Bastidores de Gestão Técnica e ainda 415 controladores de iluminação configuráveis e 6 controladores de ventiloconvectores para as zonas comuns. A solução técnica adoptada baseia-se em controladores TAC Xenta 300 / 400 e respectivos módulos de I/O TAC Xenta 400 instalados em caixas Rittal. Os controladores de iluminação serão os novos controladores da Distech. Para o controlo dos ventiloconvectores adoptaram-se os controladores configuráveis TAC Xenta 121-FC/230. Os BGTs e os controladores configuráveis estarão integrados numa rede TCP-IP dedicada à segurança através dos routers L-IP da Loytec.

PT

Prémios SIL do Imobiliário 2012

Outubro 2012


Dois edifícios cujos Sistemas de Gestão Técnica Centralizada foram instalados pela Domótica SGTA foram distinguidos com prémios na 15ª edição do Salão Imobiliário de Lisboa.

Na categoria “Melhor Empreendimento Imobiliário - Comércio e Serviços” o vencedor foi o Forum Sintra e na categoria “Melhor Empreendimento Imobiliário – Escritórios” o prémio foi atribuído ao Metropolis, actual edifício sede da ZON, ambos os projectos promovidos pela Multi Development Portugal.

A Domótica SGTA fica ainda ligada ao prémio “Melhor Empreendimento Imobiliário – Obras Públicas” pois a estação do aeroporto do Metropolitano de Lisboa foi a obra escolhida pelo júri.

PT

Fábrica da Embraer em Évora – Monitorização das “Salas Brancas”

Outubro 2012


As fábricas de Évora vão estar ligadas à construção de “três aviões novos” da empresa brasileira Embraer, dois destinados à aviação executiva e a aeronave militar, que está a ser desenvolvida em colaboração com Portugal.

Integradas na fábrica de compósitos, existem duas “salas brancas”, tendo a Embraer decidido adjudicar o sistema de monitorização dos dados ambientais à Domótica SGTA.

O sistema proposto baseia-se na integração no Sistema de Gestão Técnica Centralizado já instalado (TAC Vista / Schneider Electric).

PT

Auto-silo na Póvoa de Santa Iria

Setembro 2012


O Sistema de Gestão Técnica incide exclusivamente sobre o controlo da ventilação de desenfumagem, sendo constituído por 4 controladores TAC Xenta 401 a instalar nos 3 quadros de ventilação dos pisos. O número total de pontos é de 225 I/Os e o interface com o utilizador será realizado por intermédio de um painel táctil de 12” da Loytec.

As instalações eléctricas e gestão técnica foram adjudicadas à Clemarques que por sua vez subcontratou a Domótica SGTA para instalar o sistema de gestão técnica centralizada.

PT

Centro Comercial de Alvalade - Remodelação

Julho 2012


O Centro Comercial de Alvalade, localizado na Praça de Alvalade, em Lisboa, foi objeto de obras de remodelação profundas. As obras de remodelação são da responsabilidade da construtora Alves Ribeiro. O subempreiteiro de instalações eléctricas é a Pinto & Cruz e de instalações mecânicas é a Sotubar.

No projecto de instalações especiais foi concebido um sistema de controlo de ventilação e desenfumagem separado do sistema de gestão técnica. No entanto, a Domótica SGTA propôs que os dois sistemas fossem integrados, situação aprovada pelo projectista. No final das negociações a Sotubar ficou responsável pelo Sistema de Gestão Técnica e a empreitada de Gestão Técnica foi adjudicada à Domótica SGTA.

O sistema terá quase 600 pontos físicos distribuídos por 9 quadros de automação local (QAL), estando ainda previstas integrações com os chillers, analisadores de rede e contadores de entalpia.

PT

BNP Paribas Securities Services na Av. Gago Coutinho

Junho 2012


O BNP Paribas Securities Services passou a ocupar 4126 m2 no Edifício Gago Coutinho em Lisboa. Neste imóvel serão instalados 400 postos de trabalho. O edifício, já parcialmente ocupado pelo BES, está a ser requalificado, sendo a empreitada de instalações especiais da responsabilidade da Gaspar Correia.

O BNP Paribas Securities Services passou a ocupar 4126 m2 no Edifício Gago Coutinho em Lisboa. Neste imóvel serão instalados 400 postos de trabalho. O edifício, já parcialmente ocupado pelo BES, está a ser requalificado, sendo a empreitada de instalações especiais da responsabilidade da Gaspar Correia.

Para optimizar os custos, adotou-se uma solução técnica baseada num único controlador TAC Xenta 711 com controladores ECP300 e módulos de I/O ECC520 da Distech em cada um dos quadros de gestão técnica.

PT

Central de Valorização Orgânica do Seixal

Junho 2012


A AMARSUL tem a concessão da exploração e gestão do Sistema Multimunicipal de Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos da Margem Sul do Tejo e entregou ao consórcio constituído pela empresa portuguesa Soares da Costa e pela empresa suíça Conzepte Technik Umwelt AG (CTU) a construção da Central de Valorização Orgânica (CVO) do Seixal.

A Soares da Costa adjudicou à Domótica SGTA o Sistema de Operação e Informação (SOI) da Central que consiste na supervisão da automação de todos os sub-processos envolvidos

PT

Aeroporto de Lisboa – Acesso à Estação de Metro

Maio 2012


O Metro de Lisboa vai expandir a Linha Vermelha até ao Aeroporto. O prolongamento da Linha Vermelha a partir da estação Oriente e em direcção ao Aeroporto é estruturante para a cidade de Lisboa e terá um impacto significativo na articulação dos terminais da rede transeuropeia de transportes, através da ligação da Gare Intermodal de Lisboa (GIL) ao Aeroporto Internacional de Lisboa. Tem uma extensão de 3,6 quilómetros e três novas estações – Moscavide, Encarnação e Aeroporto.

A empreitada geral dos acessos ao Terminal 1 do Aeroporto de Lisboa foi adjudicada à Britalar, tendo atribuído, no regime de subempreitada, as instalações eléctricas à Sotécnica, que confiou à Domótica a execução do SGTC

O Sistema de Gestão Técnica previsto em projecto prevê a seguinte configuração: • 630 pontos I/O físicos distribuídos por dois quadros de gestão técnicas novos; • 20 novos pontos I/O físicos em quadros existentes; • 1815 pontos de integrações dos Analisadores Redes (39 un.), Iluminação de Segurança, UPS (4 un.), e Sistema de produção Fotovoltaico. A solução técnica adoptada é igual a todo o sistema da aerogare e posteriores ampliações – TAC Xenta / Vista – e será integrada no actual sistema de gestão técnica centralizada.

PT

SANA Lisboa Hotel – Amoreiras

Abril 2012


Com uma localização estratégica em Lisboa, nas Amoreiras, a curta distância do Marquês de Pombal e das Avenidas Novas, o EPIC SANA Lisboa oferece 291 quartos e 20 suites, com vistas sobre a cidade e o rio Tejo. Constituído 2 por restaurantes, um bar com esplanada no lobby, um Sky bar, um extenso SPA urbano e uma piscina exterior aquecida do tipo “infinity pool” no topo do hotel, com vistas panorâmicas sobre a cidade de Lisboa. Para reuniões e eventos, os 1.750 metros quadrados distribuídos por 13 salas de reunião, incluindo um ballroom com 900 m2, permitem acolher eventos até 1.300 pessoas.

Como a grande maioria dos hotéis da cadeia SANA, os projectos de instalações eléctricas e mecânicas ficaram a cargo da LMSA. O Sistema de Gestão Técnica na versão actual consiste resumidamente em: • 2.374 pontos de entradas e saídas físicas associados aos controladores DDC instalados nos 33 quadros de gestão técnica – QGTCs; • 35 controladores de ventiloconvectores fora dos quartos (os ventiloconvectores dos quartos serão equipados com controladores próprios da marca Simon); • 2 controladores para caixas VAV.

A empreitada de instalações eléctricas e mecânicas está a cargo da Planotécnica. A Domótica SGTA recebeu da Planotécnica a adjudicação do Sistema de Gestão Técnica e o respetivo equipamento de campo associado às instalações de AVAC.

PT

Metropolis – Novo Edifício Sede da ZON

Março 2012


O Metropólis é um dos maiores projectos imobiliários do centro de Lisboa. Foi também um dos mais esperados, na medida em que criou uma nova centralidade habitacional e de serviços naquela zona emblemática da cidade. O primeiro edifício a arrancar nesta fase foi dedicado ao uso de escritórios, contando com uma área bruta locável de aproximadamente 15.000 m², para onde se mudou a nova sede da ZON.

Com a equipa de projecto liderada pela holandesa T+T Design (concept) e pela portuguesa CPU-Urbanistas e Arquitectos, Lda. os projectos das instalações ficaram a cargo da PEN.

O Sistema de Gestão Técnica na versão actual consiste resumidamente em:
• 868 pontos de entradas e saídas físicas associados aos controladores DDC (QALs e QEVs);
• 112 controladores de ventiloconvectores;
• Integração por protocolo M-Bus dos Contadores Energia Eléctrica e Contadores de Entalpia;
• Integração por protocolo Mod-Bus da Caldeira e Unidade de Close Control;
• Integração por protocolo LonTalk dos RCFs, RDFs, Chiller, VAN e Sistemas VRV.

A empreitada de instalações de AVAC foi adjudicada à Sousa Pedro e as instalações eléctricas à Sotécnica, que por sua vez convidaram a Domótica SGTA para implementar o Sistema de Gestão Técnica Centralizada.

PT

Edifício de Escritórios – Av. da Liberdade, 225

Fevereiro 2012


A Norfin é a empresa promotora responsável pela remodelação do Edifício de Escritórios na Av. da Liberdade, 225, e adjudicou a empreitada do Sistema de Gestão Técnica, incluindo cabos, diretamente à Domótica SGTA.

O projecto é da responsabilidade da PEN. Consiste em 3 quadros de gestão técnica (QALs) com 150 pontos e 55 controladores de estores.

PT

Hotel Tapada da Mata

Janeiro 2012


O Hotel Tapada da Mata Resort & SPA é uma unidade hoteleira de 4 estrelas localizada em Évora. Instalada numa área de terreno de 40.000 m2 terá uma área de construção de 4.800 m2, sendo essencialmente constituido por um edifício comum e 50 bungalows suites.

O projecto inicial de Climatização e Gestão Técnica Centralizada foi da responsabilidade da EnesCoord mas têm sido introduzidas diversas alterações em obra da responsabilidade do instalador de AVAC fruto da grande confiança que o Dono de Obra nele deposita. A empreitada de AVAC foi adjudicada à Electroenersol, tendo esta empresa adjudicado à Domótica SGTA a execução do Sistema de Gestão Técnica Centralizada.

O sistema terá cerca de 240 pontos físicos distribuídos por apenas 4 quadros de gestão técnica. Está ainda prevista a integração de 3 sistemas VRV.

Tendo em conta a dimensão da obra, esta foi seleccionada par ser a primeira obra a ser executada pela Domótica SGTA com controladores Loytec.



grupo domotica sgta contactos / localização

mapa »
Domótica SGTA
Alameda Roentgen, nº2A 1ºC
1600-759 Lisboa Portugal
 info@domotica.pt
 (+351) 21 711 06 60
 (+351) 21 711 06 61
mapa »
Invensis- Inov. e Sist. Informáticos
Alameda Roentgen, nº2A 1ºC
1600-759 Lisboa Portugal
 invensis@live.com.pt
 (+351) 21 711 06 60
 (+351) 21 711 06 61
140x140 mapa »
Efficient Buildings
Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 1545 CJ 72 Vila Nova Conceição
04543-011 São Paulo - Brasil
 info.br@domotica-sgta.com
 (+55) 11 9 5800 9269
140x140 mapa »
SGTA Angola
Av. 21 de Janeiro,101
Morro Bento - Luanda,Angola
 info.ao@domotica-sgta.com
 (+244) 94 565 96 00
140x140 mapa »
Domótica SGTA
Calle Motilla del Palancar, nº 18, Local 17
28043 Madrid - Espanha
 info@domotica-sgta.es
 (+34) 91 721 68 49
140x140 mapa »
Domótica SGTA Moçambique
Av. 25 de Setembro, 1509 - 6º andar, porta 06
Maputo - Moçambique
 info.mz@domotica-sgta.com
 (+258) 84 826 50 46

Copyright © 2015, Development & Design by: Invensis