MO

Fábrica de Enchimento da Coca-Cola – Matola – Moçambique

Dezembro 2015


Entre 23 de Novembro e 04 de Dezembro a equipa da Domótica SGTA colocou em serviço o sistema de gestão técnica / controlo de AVAC da Fábrica de Enchimento da Coca-Cola na Matola.

Os trabalhos decorreram em bom ritmo, fruto do trabalho de preparação realizado pelas equipas tanto em Moçambique (Politérmica) como em Portugal (Domótica SGTA).

Quer o nosso cliente – Politérmica – quer os projectistas ficaram bem impressionados com a qualidade do trabalho produzido, tendo sido dado grande destaque aos sinópticos.

O grande número de variadores de frequência, a sua localização junto dos quadros de gestão (e afastado dos correspondentes motores) e ainda o traçado dos cabos de energia e dos cabos do bus LonTalk levantaram alguns receios da qualidade das comunicações. No entanto, fruto da qualidade dos variadores instalados – VLT da Danfoss – e do cabo com “armadura” utilizado não se verificaram quaisquer problemas de comunicações.

AO

Estação Elevatória no Calai – Angola

Dezembro 2015


Dois colaboradores da Domótica descolaram-se à província angolana do Cuando-Cubango para colocar em serviço o sistema de controlo da estação elevatória de água potável para abastecimento da povoação do Calai.

Numa obra com algumas vicissitudes, as maiores dificuldades prenderam-se com a localização remota da obra, com as comunicações móveis muito difíceis e com as inúmeras alterações ao projecto que foram introduzidas durante a colocação em serviço.

Apesar das enormes dificuldades encontradas, ficou bem presente nos quadros da Mota-Engil África, nosso cliente para esta empreitada, a qualidade técnica e o espirito de colaboração das pessoas envolvidas, bem como a capacidade de adaptação a estas condições tão adversas.

PT

Armazéns do Chiado – 2ª Fase

Novembro 2015


Na continuidade do trabalho realizado para a Gaspar Correia, de substituição do sistema de gestão técnica das centrais de produção de água aquecida e água refrigerada dos Armazéns do Chiado, a Domótica SGTA foi agora seleccionada para implementar a 2ª fase da substituição do sistema.

Nesta fase a intervenção da Domótica SGTA estende-se a todos os pisos do imóvel, estando prevista a substituição dos quadros de gestão existentes (com equipamento obsoleto da Landys & Steafa / Siemens) mas também a instalação de dois novos quadros de gestão técnica, para monitorização das centrais de bombagem de incêndio e para comando da iluminação.
Todos os quadros de gestão serão constituídos por Automation Servers (AS) da Schneider Electric, interligados aos AS já em serviço e ao Posto de Supervisão com software Enterprise Server + Workstation (também instalado na 1ª fase), através de uma rede TCP-IP dedicada.

O número total de pontos desta ampliação ronda os 650 pontos físicos, estando prevista uma integração com um sistema de monitorização de registos corta-fogo baseado em equipamento da Sauter, integrado através de uma gateway da Intesis.

PT

Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia

Outubro 2015


O MAAT, Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia, centra-se na cultura contemporânea. A partir de um património físico único, uma colecção de arte portuguesa em expansão e um inovador programa de exposições, o novo museu da Fundação EDP será um espaço para a descoberta, a reflexão crítica e o diálogo internacional.

O MAAT inaugura em 2016 numa das mais visitadas áreas culturais de Lisboa, na zona histórica de Belém. Será a peça central do campus de 38.000m2 que a Fundação EDP ocupa na margem do Tejo.

O projecto de instalações eléctricas e AVAC foi da responsabilidade da Afaconsult, estando o projecto de Gestão Técnica Centralizada integrado no projecto eléctrico, embora contemplando uma maioria de pontos associados ao AVAC.

As subempreitadas de instalações eléctricas e AVAC foram adjudicadas à Sotécnica, tendo esta empresa negociado com a Domótica SGTA o fornecimento e colocação em serviço do Sistema de Gestão Técnica.

O projecto do sistema de gestão técnica tem previsto cerca de 1.250 pontos físicos, distribuídos por 26 quadros de gestão técnica. Destes 4 serão suportados por Automation Servers e 22 por controladores DDC das séries TAC Xenta 280 e 300. Como referido anteriormente, a somar a estes quadros, existirão ainda 16 controladores de UTAs, num total de 800 pontos físicos. Para estas máquinas adoptaram-se controladores DDC das séries TAC Xenta 300 e 400.

AO

Shopping Centre Xyami Lubango – Angola

Setembro 2015


Até ao próximo ano, o grupo Zahara Imobiliária pretende abrir três novos centros comerciais em Luanda, Lubango e Huambo, num investimento avaliado em USD 100 milhões. Ainda este ano serão abertos os centros Xyami, em Lubango (Huíla) e na Urbanização Nova Vida (Luanda).

A Domótica SGTA foi seleccionada pela construtora Omatapalo, a mesma que construiu o pavilhão Multiusos do Kilamba para o mundial de hóquei em patins, para executar o sistema de gestão técnica centralizada.

O projecto prevê um sistema com cerca de 1.850 pontos físicos distribuídos por apenas 8 quadros de gestão (uma média de 230 pontos por quadro), para além de integrações com analisadores de rede, UPS, roof-tops e bateria de condensadores.

Tendo em conta o baixo número de pontos físicos por quadro de gestão, optou-se por uma solução baseada em controladores LINX-110 da Loytec com módulos I/O LIOB-15x.

PT

Palácio Benagazil – Sede da CONFAGRI

Agosto 2015


A CONFAFRI vai instalar a sua sede no Palácio Benagazil, um imóvel que actualmente passa despercebido no complexo do Aeroporto de Lisboa. O Palácio Benagazil fazia parte de uma quinta às portas de Lisboa que foi quase totalmente expropriada para a construção do Aeroporto de Lisboa.

O imóvel está a ser recuperado por fases e a empresa seleccionada para instalar o AVAC foi a Frostline. Fruto das boas relações com a empresa, a Domótica SGTA teve oportunidade de apresentar uma proposta alternativa à solução de projecto para o Sistema de Gestão Técnica.

O Sistema tem cerca de 150 pontos distribuídos por 7 quadros de gestão técnica, interligados pela rede TCP-IP do edifício. Está ainda prevista a integração com analisadores de rede e com o sistema VRF de climatização.

Tendo em conta o baixo número de pontos físicos por quadro de gestão, optou-se por uma solução baseada em controladores LINX-110 da Loytec com módulos I/O LIOB-15x.

PT

Controlo das A.Q.S. dos Balneários dos Estaleiros Navais da Lisnave na península da Mitrena

Agosto 2015


A Domótica SGTA foi convidada pela EDP para participar no estudo de concepção/construção do novo sistema de águas quentes sanitárias (A.Q.S.) dos balneários dos estaleiros navais da Lisnave na península da Mitrena (Setúbal).

Os balneários do estaleiro totalizam mais de 400 chuveiros, distribuídos por dois edifícios com dois pisos cada um.

O projecto prevê dois sistemas distintos, um por cada um dos edifícios, alimentados por 4 caldeiras e um sistema de painéis solares térmicos cada. Assim, cada sub-sistema de A.Q.S. terá o seu sistema de controlo com cerca de 100 pontos físicos.

A solução proposta ao cliente foi baseada em controladores LINX-110 da Loytec.

PT

Lagoas Park – Lote 13

Agosto 2015


A Domótica SGTA esteve envolvida na execução dos sistemas de gestão técnica centralizada de todos os edifícios do Lagoas Park, com excepção do hotel, tendo as empreitadas sido realizada para clientes distintos – essencialmente a Planotécnica e Monofásica.

Após alguns anos sem qualquer novo edifício, por fim avançou a construção do Lote 13, que se virá a designar Edifício 9. Como é óbvio, a construção está a cargo da Teixeira Duarte, tendo adjudicado as instalações especiais à Planotécnica que por sua vez adjudicou à Domótica SGTA a execução do SGTC.

O projecto contempla cerca de 430 pontos físicos distribuídos por apenas dois quadros de gestão técnica – um na cobertura e outro no piso 0.

PT

Mercado da Ribeira – Lisboa

Junho 2015


A Domótica SGTA chegou a acordo com a construtora Neocivil, (empreiteiro geral) com o objectivo de garantir a conclusão do sistema de gestão técnica centralizada do Mercado da Ribeira.

PT

Parque Pedras Salgadas – Eco House

Junho 2015


Integrada no parque Pedras Salgadas, está em fase final de construção mais uma Eco House, um conceito que tem sido um sucesso em termos de ocupação.

No passado dia 11 de Junho a Electrificadora Central do Feijó adjudicou à Domótica SGTA o fornecimento e colocação em serviço do sistema de gestão técnica desta nova Eco House, bem como a correspondente integração no sistema de gestão técnica centralizada do complexo turístico.

PT

Central de Valorização Orgânica (CVO), no Seixal – Sistema de Supervisão

Junho 2015


A AMARSUL - Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos S.A., foi constituída em 1997, sendo responsável pela exploração e gestão do Sistema Multimunicipal de Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos da Margem Sul do Tejo. Actualmente, a AMARSUL tem a concessão para o tratamento e valorização dos resíduos sólidos urbanos dos 9 municípios da Península de Setúbal, que consiste na transformação da matéria orgânica, em composto agrícola (a compostagem). As suas infraestruturas estão localizadas nos três Ecoparques em Palmela, Seixal e Setúbal, para além das componentes pertencentes ao Sistema de Recolha Selectiva (Ecopontos e Ecocentros).

Actualmente a AMARSUL tem duas instalações de compostagem: uma Central de Compostagem em Setúbal e uma Central de Valorização Orgânica no Seixal.

A Central de Valorização Orgânica (CVO), no Seixal, que arrancou recentemente, é uma instalação dotada com soluções técnicas, modernas e que contribuem para o tratamento e valorização dos resíduos urbanos biodegradáveis. O processo de tratamento é efectuado através de uma digestão anaeróbia (ausência de oxigénio) e da compostagem, cujo resultado final é o composto, que servirá de fertilizante agrícola.

O sistema de supervisão integrada dos sistemas de automação desta instalação foi adjudicado pela Amarsul directamente à Domótica SGTA.

AO

BPA – Centro de Negócios do Centro Atlântico

Maio 2015


A Domótica SGTA implementou mais um sistema KNX no Centro de Negócios do Banco Atlântico no Lubango.

A empreitada geral foi adjudicada à Omatapalo, responsável pela construção dos dois pavilhões polidesportivos inaugurados aquando do mundial de hóquei em patins em 2013.

A instalação terá cerca de 60 pontos assegurados por módulos I/O, 10 detectores de movimento, 4 botões de pressão (uma e duas teclas) e uma consola táctil de 10”, tudo com protocolo KNX.

PT

Escola Luis de Freitas Branco – Paço de Arcos

Abril 2015


Foi adjudicada à Domótica SGTA o sistema de gestão técnica para a segunda fase da Escola Secundária Luis de Freitas Branco em Paço de Arcos, sendo este sistema integrado no sistema existente, também executado pela nossa empresa para o cliente Hidroclima. Neste caso, o cliente será o instalador de AVAC – Q.Constroi (Grupo Campos)

O sistema em causa (2ª fase) terá pouco mais de 500 pontos físicos distribuídos por 10 quadros de gestão técnica, três deles com TAC Xenta 300 e sete com TAC Xenta 401.

AO

Banco Atlântico – Data Center – Talatona

Abril 2015


O Banco Atlântico ocupa um dos edifícios da Cidade Financeira em Talatona, tendo sido um dos promotores do empreendimento e cujos sistemas de gestão técnica foram executados pela Domótica SGTA como sub-empreiteiro da Microprocessador. Foi decidido pelo banco a instalação de um data center certificado TIAR 3 nas caves do edifício, sendo um dos poucos de África com esta certificação. A norma TIA 942 da Associação das Indústrias de Telecomunicações (TIA) descreve os requisitos para a infraestrutura de um centro de processamento de dados (data center). O mais simples é um padrão TIER 1, que é basicamente uma sala do servidor, seguindo as directrizes básicas para a instalação de sistemas de computador. O nível mais complexo é um padrão TIER 4.

Tal como a proporia Cidade Financeira, também o projecto do data center do banco Atlântico foi da responsabilidade do gabinete de projecto Energia Técnica, tendo a empreitada geral também sido adjudicada à mesma construtora envolvida no empreendimento principal, a Mota-Engil. A Domótica SGTA foi consultada e foi-lhe adjudicada directamente a empreitada de GTC.

A solução técnica proposta baseou-se em 3 Automation Servers distribuídos pelos bastidores de gestão mais importantes, tendo sido propostos dois TAC Xenta 280 para servir bastidores com apenas 4 pontos físicos. Os controladores serão instalados em platine metálica mas incorporados em bastidores informáticos. A maior particularidade desta obra é a grande discrepância entre os pontos físicos – apenas 268 – e os pontos a integrar via “protocolos standard” cuja estimativa de projecto ronda os 3.200.

MO

Fábrica de Enchimento da Coca-Cola – Matola

Abril 2015


A Coca-Cola Sabco em Moçambique iniciou suas operações em Maputo, em Março de 1994, com uma segunda fábrica estabelecida em Chimoio em Julho de 1997 e uma terceira em Nampula inaugurada em Junho de 2001. A fábrica de Maputo sofreu grandes danos durante as devastadoras inundações que assolaram Moçambique em Fevereiro de 2000, mas a sua rápida e resiliente recuperação é uma das histórias de sucesso desta região. Com apenas 80 funcionários no início da operação, a organização tem actualmente 1.000 funcionários, sendo a sua base de consumidores estimada em 24 milhões de pessoas.

Actualmente está em construção em Matola Gare, arredores de Maputo, uma nova fábrica de enchimento a que corresponde um investimento de 130 milhões de USD. O projecto teve origem na Africa do Sul, sendo o empreiteiro geral a CMC e os instaladores eléctricos e de AVAC respectivamente a Tecnocontrol e a Politérmica. Após o processo de aprovação de equipamentos, a Politérmica adjudicou à Domótica SGTA o sistema de controlo de AVAC.

A solução técnica está suportada na plataforma TAC Xenta / Vista, estando já fabricados os 7 quadros de gestão, com um total de 384 pontos físicos.

PT

Hotel Sheraton Algarve

Abril 2015


A Domótica – Estudos e Projectos de Edifícios Inteligentes, implementou em 1997 o sistema de gestão técnica do Hotel Sheraton Algarve, localizado próximo de Albufeira. O projecto original foi suportado pela solução técnica da SIEBE, que nessa altura era representada em exclusividade pela Domótica, incidindo o sistema de GTC sobre o hotel mas também sobre as villas que integram a unidade hoteleira.

Desde a conclusão da obra que a Domótica SGTA tem dado suporte ao sistema, acompanhado as alterações/ampliações que ao longo deste 18 anos foram sendo introduzidas no sistema, mantendo um diálogo constante com os vários técnicos da empresa que explora o empreendimento.

O Sheraton Algarve iniciou em Novembro de 2014 um processo de renovação e expansão. Este projecto englobará a renovação de todos os quartos, áreas públicas, restaurantes, bares e salas de reunião. Está prevista também a construção de setenta e oito novas suites de luxo no edifício principal do Hotel, um novo restaurante italiano, um Spa de assinatura e um parque de estacionamento subterrâneo, com conclusão prevista para 2016. A renovação e extensão do Sheraton Algarve será efectuada por fases, sendo que a primeira teve já início, com data prevista de conclusão para final de Junho de 2015, a tempo do Hotel reabrir para a época de verão.
A segunda fase do projecto de renovação será executada durante o inverno/primavera de 2016, com conclusão prevista de novo para Junho.

Por indicação do dono-de-obra e fruto de óptimas relações com o gabinete seleccionado para executar o projecto de AVAC – PproM&E Consulting, a Domótica SGTA colaborou na execução do projecto de Gestão Técnica que serviu mais tarde de base para a orçamentação.

O projecto de GTC está baseado na plataforma SmartStruxure, comtemplando mais de 1600 pontos físicos (somente para o AVAC), estando ainda previstas integrações com os diversos sistemas de expansão directa. Embora o projecto esteja a ser “adaptado em obra” estão considerados 16 Automation Server e 13 TAC Xenta.

O negócio foi realizado directamente com o cliente final, sendo o maior dos desafios que se deparam nesta obra o cumprimento dos prazos impostos pela abertura do hotel antes da época alta.

PT

Terminal de Contentores de Sines

Março 2015


O Terminal de Contentores de Sines, iniciou atividade em 2004. Com um desenvolvimento planeado faseadamente e sustentadamente, o Terminal oferece fundos naturais, permitindo a receção dos grandes navios porta-contentores das rotas transcontinentais.

Integrado na ampliação e remodelação do Edifício Administrativo da PSA Sines, este edifício passará a dispor de um sistema de gestão técnica centralizado, que se baseia num único quadro de gestão técnica com Automation Server e apenas 60 pontos físicos mas onde serão garantidas as integrações de 38 controladores de ventiloconvectores Xenta 121-FC/230, 3 analisadores de rede, 7 variadores de frequência das bombas, duas UTANs, um Chiller e os controladores de iluminação DALI.

A pela empresa Luxilusão será o parceiro com quem a Domótica SGTA irá realizar este projecto.

PT

Quinta do Mineiro – Novos Escritórios da Deloitte

Março 2015


No seguimento da mudança de instalações da Deloitte para o edifício da Quinta do Mineiro, foi adjudicada a empreitada das instalações de AVAC à Gaspar Correia que, por sua vez, adjudicou à Domótica SGTA a sub-empreitada de gestão técnica centralizada.

Para garantir total separação dos sistemas de controlo de AVAC das frações em relação ao sistema de gestão técnica centralizado do edifício, foi adotado um sistema suportado pela rede Ethernet da Deloitte, tendo como base um Automation Server da Schneider Electric por piso. “Ancorados” no field bus LonTalk do Automation Server serão integrados no sistema os controladores Xenta 121-FC/230 dedicados aos ventiloconvectores.

O interface homem/máquina ao nível dos pisos de escritórios da Deloitte será feito por intermédio de um painel táctil L-VIS de 5.7” da Loytec, um por cada “meio piso”. Existirá ainda um Posto de Supervisão com o Enterprise Server + Workstation para gestão centralizada das instalações.

PT

Aeroporto de Lisboa – Terminal 1

Março 2015


Inserido no processo contínuo de adaptação do Aeroporto de Lisboa ao aumento do número de passageiros, estão em curso intervenções nas áreas do terminal de bagagem e lost & found.

Como tem acontecido em todas as remodelações / expansões que se realizaram neste aeroporto, o sistema de gestão técnica será integrado no SGTC da aerogare, mantendo-se a utilização dos controladores da gama Xenta.

A empreitada geral foi adjudicada à construtora HCI, sendo adjudicadas as instalações elétricas, incluindo a gestão técnica centralizada, à Sotécnica. A sub-empreitada de AVAC será executada por um consórcio Sousa Pedro / Sotécnica. A Sotécnica contratou a Domótica SGTA para executar o Sistema Gestão Técnica Centralizada.

MO

Nova Sede do BCI – Maputo

Fevereiro 2015


O BCI é um dos maiores bancos de Moçambique, com 140 Agências em todo o país, sendo 47 na cidade de Maputo. Situada no limite sudeste do business district de Maputo, a nova sede do BCI tem uma localização privilegiada e terá uma área total de aproximadamente 26.000 m2.

O projecto de arquitectura é da autoria do Arq.º José Forjaz, gabinete com uma forte presença no mercado moçambicano, sendo o projecto de estruturas e de águas e esgotos da BETAR e o projecto de instalações eléctricas e mecânicas do gabinete EACE – Engenheiros Associados

A solução prevista em projeto baseia-se em controladores TAC Xenta 300/400 para os quadros de gestão técnica e controladores de zona com protocolo DALI da Distech para o controlo da iluminação dos pisos de escritórios. O protocolo de comunicação será LonTalk.

O empreiteiro selecionado pelo BCI, foi a Casais, que adjudicou as instalações elétricas à IEN – Instalações Eléctricas do Norte, e as instalações de AVAC à J.J.Tomé. Desta forma, a IEN contratou a Domótica SGTA para executar o Sistema Gestão Técnica Centralizada, concretizando assim uma estratégia de diversificação de mercados, que será decisiva para o estabelecimento do Grupo Domótica SGTA em Moçambique.



grupo domotica sgta contactos / localização

mapa »
Domótica SGTA
Alameda Roentgen, nº2A 1ºC
1600-759 Lisboa Portugal
 info@domotica.pt
 (+351) 21 711 06 60
 (+351) 21 711 06 61
mapa »
Invensis- Inov. e Sist. Informáticos
Alameda Roentgen, nº2A 1ºC
1600-759 Lisboa Portugal
 invensis@live.com.pt
 (+351) 21 711 06 60
 (+351) 21 711 06 61
140x140 mapa »
Efficient Buildings
Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 1545 CJ 72 Vila Nova Conceição
04543-011 São Paulo - Brasil
 info.br@domotica-sgta.com
 (+55) 11 9 5800 9269
140x140 mapa »
SGTA Angola
Av. 21 de Janeiro,101
Morro Bento - Luanda,Angola
 info.ao@domotica-sgta.com
 (+244) 94 565 96 00
140x140 mapa »
Domótica SGTA
Calle Motilla del Palancar, nº 18, Local 17
28043 Madrid - Espanha
 info@domotica-sgta.es
 (+34) 91 721 68 49
140x140 mapa »
Domótica SGTA Moçambique
Av. 25 de Setembro, 1509 - 6º andar, porta 06
Maputo - Moçambique
 info.mz@domotica-sgta.com
 (+258) 84 826 50 46

Copyright © 2015, Development & Design by: Invensis